• O Dermatologista responde às suas dúvidas
    Regularmente actualizamos esta página com respostas às questões mais frequentes colocadas pelos nossos visitantes
    As questões não serão respondidas de forma individual, nem os seus autores identificados.

    Este é um espaço de esclarecimento geral ao público que não pretende substituir nem dispensar a consulta médica individual.

  • Psoríase e Eczema Atópico
    Tenho muita comichão principalmente a noite. Já fiz várias consultas nas quais fui medicada com cortisona, mas não passa…
    O Eczema atópico é uma doença que não resolve completamente com cortisona pois tem, entre outros, um defeito na barreira de protecção da pele que é necessário manter sob controle com hidratantes e outras medidas de higiene – Consulte eczema atópico neste site em “doenças da pele”. Veja também os cuidados a ter com a sua pele.
  • Acne / Rosácea e Outras Borbulhas
    Qual o tratamento adequado para prevenir ou melhorar o acne ou a rosácea?
    O tratamento da acne e rosácea depende de vários factores como sexo, idade e sobretudo o tipo de lesões de cada uma das doenças. Deve ser individualizado.

    Porque tenho tantas borbulhas no rosto, peito e costas quando fico nervosa?
    A acne pode agravar em situações de stress.

    Eu queria saber como cuidar da minha pele , pois cada dia que passa aparece uma espinha. Queria saber como prevenir.
    Se chamar “espinhas” às borbulhas da acne as formas de tratamento e prevenção dependem da idade e do tipo de espinhas. Necessita de observação pelo Dermatologista ou pelo Médico de Família.

  • Pele Seca e Comichões na Pele
    Boa noite, eu tenho muitas vezes comichão na pele sem qualquer mancha ou baba. Porquê?
    As causas de comichão na pele, mesmo sem doença visível, são muitas. A simples pele seca pode dar comichão e esta torna-se particularmente perceptível em situações de maior ansiedade.

    Há cerca de um mês começou-me a dar comichão nas pernas, tendo-me aparecido tipo eczemas... por me coçar. Nesse momento estava a utilizar um creme- Celuvein, receitado por um médico de cirurgia vascular. Comecei-o a usar no verão, mas este já era o 2º que utilizava. Associei essas comichões ao creme (apesar de estar dentro da validade, podia já não estar em condições...) e deixei, então de o utilizar. Esta situação parece estar a melhorar, mas entretanto fui à farmácia e mostrei a perna. Receitaram-me REPAIR- locobase e já não tenho tanta comichão, mas continuam algumas manchas... O que poderá ser? Alergia a um produto, ou algo mais grave?
    Poderá tratar-se de alergia a algum constituinte do creme Celuvein. A alergia nunca surge à primeira aplicação, mas habitualmente ao fim de semanas ou meses de aplicação, ou seja quando o organismo por qualquer razão se “farta” do creme e tenta eliminar a pele onde se aplica o creme. O facto de melhorar com a suspensão do creme e com um creme hidratante é um indicador de que poderia ser uma alergia. Para confirmar se é alergia ao creme deveria fazer o chamado – TESTE de USO – ou seja aplicar uma gota do creme na dobra do braço esquerdo todos os dias ao deitar até 14 dias. Se entretanto a pele nesse local também ficar vermelha e com borbulhas é um sinal de alergia. Para melhor saber qual o constituinte do creme responsável pela alergia necessita de efectuar testes para a alergia de contacto com adesivos colocados nas costas, testes que são feitos por Dermatologistas.

    Tenho 1 borbulha pequena vermelho vivo no joelho e uma mancha castanha mas esbranquiçada e alta no meio, ambas há anos, mas a 2ª parece ter crescido um pouco e é sensível. São perigosas? Tenho a pele seca por todo o corpo - devo fazer algo, ou os cremes são só para gastar dinheiro, de que preciso para outras coisas?
    Sem observar a mancha e a borbulha não é possível saber se é ou não perigosa. Em relação à pele seca deve ter cuidados nas medidas de higiene (evitar banhos repetidos com agua quente e muito sabão ou sabões agressivos) e aplicar um creme hidratante (Este não é só para gastar dinheiro, mas a sua aplicação por vezes não hidrata a pele por 24 horas, em especial se há alguma doença de base que lhe torne a pele assim tão seca. Ver no site - cuidados com a pele.

    Tenho 66 anos. Não tenho problemas visíveis de saúde, embora já me sido extraída a próstata. Nos últimos meses começaram a aparecer-me nas pernas, dos joelhos até aos pés, irritações que estão a aumentar provocando-me uma comichão forte que «e não tenho cuidado provoca feridas embora ligeiras. que devo fazer? tenho posto creme nívea mas não resulta! Agradeço muito a vossa ajuda.
    À partida pode ser só pele seca que se torna mais evidente com a idade. Deve ter cuidado com as medidas de higiene e se não resolver apenas com o hidratante que está a usar deverá consultar um Dermatologista.

    Fungo: Todos os anos no principio da primavera as mãos ganham uma borbulhagem e pele começa dos dedos começa a cair, chegando a criar algumas "gretas". Este ano também nas palmas das mãos aparecem umas bolhas secas que depois de abrirem a pele vai criando "crateras". Para além da comichão as mãos ficam com muito mau aspecto.
    Poderá ser um eczema e não um fungo, mas para orientar convenientemente deverá ser observado por um Dermatologista.

  • Manchas e Sinais da Pele
    No ano passado, no verão, a pele da zona do buço escureceu, como prevenir?
    Deve evitar efectuar depilação antes da exposição solar e aplicar protector solar IP 50 diariamente.

    Boa tarde, tenho 49 anos de idade e há 12 anos que me começaram a aparecer manchas vermelhas na cara. Manchas estas que me têm dificultado a minha vida profissional. A pele da cara é mais escura que o resto do corpo, o que dá o aspecto comparado ao que existe nas pessoas dependentes de drogas ou álcool. Uso há muitos anos simplesmente creme Nívea, mesmo após o barbear e descobri também que o consumo de bebidas brancas também favoreciam o aparecimento das mesmas. Procuro algum esclarecimento sobre a origem e também solução de tratamento.
    Se se trata de manchas vermelhas de rosácea, estas agravam com o consumo de bebidas alcoólicas, com comida muito quente ou “picante”, com a exposição ao calor ou ao sol e em situações de stress. Dentro do possível deve evitar estes factores agravantes e, se o incómodo é grande para a sua vida diária, deveria consultar um Dermatologista pois nalguns casos a utilização de Laser ou IPL pode reduzir muito significativamente o “vermelho” da face.

    Tenho manchas brancas na pele desde o verão passado. Já utilizei produtos da tedol e lamisil. Estou a fazer o correcto?
    As manchas na pele têm muitas causas e não apenas o fungo que resolve com o tratamento que está a efectuar. Mesmo no caso das manchas da Pitiríase versicolor provocadas pelo fungo, após o tratamento as manchas brancas só desaparecem quando perder a coloração bronzeada do Verão ou voltar a estar exposta ao sol.

    Recentemente detectei numa perna uma mancha vermelha com rebordo bem delimitado que interiormente apresenta uma pigmentação tipo pontinhos de sangue, com o passar do tempo tornasse acastanhado e fica com a tonalidade normal. Com o passar do tempo deparei-me com as pernas com mais manchas.
    Estes aspectos podem ter diferentes significados com a idade. Pode não ser nada de importante ou pode ser apenas um problema de fragilidade capilar que faz essas manchas. Se as manchas se repetem deverá ser observada pelo seu médico de família ou Dermatologista.

    Nasceu me uma mancha no nariz parecida a um sinal mas em cima tem tipo uma superfície parecida com uma bolha. o que será?
    É impossível dar uma resposta sem ver e saber a evolução. Necessita da Consulta de um Dermatologista se a lesão persistir.

    De há uns anos a esta parte, surgiram nas pernas uma pequena mancha vermelha com o aspecto de uma borbulha mas indolor, depois ficava com tom menos avermelhado e com parecenças com um típico sinal. O aparecimento tem sido lento. mas constante alargando-se agora à zona abdominal e até nos braços. Até agora não me tinha preocupado, porque o médico de família, tinha relacionado essas manchas com a depilação das pernas, caso que naturalmente não se verifica em relação à barriga e aos braços.
    Com esta descrição não dá para ter qualquer ideia sobre a doença que pode estar em causa. Se o Médico de família não resolve o problema deveria ser encaminhada para Consulta de Dermatologia.

    Apareceu-me uma mancha um pouco abaixo do ombro há cerca de uns 3 anos. Acontece que resido no Algarve e portanto a exposição solar é consideravelmente grande principalmente na época balnear. De notar que esta pequena mancha no período de Inverno e Primavera torna-se praticamente invisível, como acontece neste momento, só quando estou predisposta à exposição solar é que se faz notar ficando com uma cor acastanhada. Gostaria de saber se é motivo para me preocupar? De notar também que tenho particular predisposição ao aparecimento de sinais no corpo.
    Algumas manchas castanhas claras de cor uniforme e bordo regular e muito nítido são sinais de exposição exagerada ao Sol e traduzem “envelhecimento” acelerado da pele. Se a mancha tem outro aspecto, nomeadamente se é assimétrica, com cor irregular e um bordo pouco visível deve ser observada pelo Dermatologista ou Médico de Família.

    Tenho demasiados sinais na zona do pescoço, vivo nos Estados Unidos onde ja fiz alguns tratamentos estilo queimar com aparelho eléctrico, mas passado pouco tempo apareceram muitos mais. Estarei em Portugal dentro de pouco tempo e gostaria de saber o que poderia fazer no pouco tempo que vou estar em Portugal. Muito Obrigado.
    Se são sinais pequenos saliente do pescoço, o mesmo tratamento ou um tratamento semelhante ao feito nos USA poderá ser também efectuado entre nós. Isto não previne o aparecimento de novos sinais, só trata os que estão presentes.

    Existem técnicas não invasivas, que permitam remover grande quantidade de sinais que tenho no rosto?
    Não, os sinais devem ser removidos cirúrgicamente, mas há alguns tipos de sinais (ou que as pessoas chamam sinais) e que o dermatologista reconhece que podem ser removidos com outras técnicas que não necessitam de pontos de sutura.

  • Cabelo e Unhas
    Tenho 23 anos e tenho verificado nos últimos alterações nas minhas unhas ao nível de espessura, visto partirem-se e escamarem-se muito facilmente. Tenho notado ainda que quando retiro o verniz às vezes ficam manchadas (pequenas manchas brancas), devo preocupar-me?
    As unhas frágeis podem acontecer se abusa dos cuidados de higiene e “manicure” sem hidratar bem as mãos e unhas, mas podem também ser um sinal de alimentação deficiente, anemia ou problemas da tiróide. Pequenas manchas brancas pequenas e superficiais dispersas pelas unhas das mãos e que não têm relevo e a unha não esfarela são resultado de pequenos traumatismos da matriz e são apenas um problema estético que pode cobrir com verniz.

    Já há bastante tempo que tenho problemas nas unhas dos dedos grandes dos pés. Ultimamente a unha do lado direito parece estar podre e a do lado esquerdo esbranquiçada.
    Na micose, as unhas dos pés ficam grossas, por vezes esfarelam-se e ganham uma cor amarela ou esverdeada em toda ou parte da unha, mas nem todas as unhas grossas e amarelas são micose. Raramente, a cor branca sobre a unha também pode ser sinal de micose. O tratamento obriga, na maioria dos casos a tratamento com comprimidos durante mais de 3 meses, que só devem ser iniciados quando há certeza do diagnóstico.

    Gostava de obter algumas respostas de tratamento de forma a evitar a queda de cabelo e o couro cabeludo estalar. Falei com a minha cabeleireira e ela aconselhou-me que usasse ampolas e um champô especial do cabeleireiro...que devo fazer?
    Se os conselhos da cabeleireira não surtirem efeito em relação ao “estalar” do couro cabeludo deve consultar o Médico de família ou um Dermatologista pois isso pode ser devido a um eczema. Em relação à queda de cabelo as ampolas, provavelmente, serão muito pouco ou nada eficazes.

    Comecei com queda de cabelo aos 20 anos. Já tenho 25 anos e ainda não parou de me cair cabelo. Já não tenho cabelo na parte de cima da cabeça. Será que daqui a mais 5 anos estou completamente careca?
    Certamente herdou a tendência para a calvície de algum familiar. Não se pode evitar completa e definitivamente, mas poderá atrasar a queda de cabelo com recurso a loções e comprimidos. Consulte um Dermatologista.

    Tenho dentro dos ouvidos e igualmente detrás das orelhas comichão e um género de caspa. Que devo usar para terminar este problema?
    Não se pode medicar sem observar e efectuar primeiro o diagnóstico correcto da situação.

    Gostava de saber se a Hipertricose e/ou Hirsutismo tem cura e se há tratamentos para além da "depilação definitiva"? Por exemplo, no caso de uma mulher com pelos mais grossos que o normal em zonas do corpo como o queixo, os mamilos, as nádegas e as pernas ?
    Esse exagero de pelos numa mulher pode estar associado a alterações hormonais que devem ser investigados e corrigidas no sentido de reduzir estes pelos. A simples realização de “depilação definitiva” sem corrigir a alteração de base (se houver) pode ser menos eficaz e não definitiva.
  • Outras Doenças da Pele
    Nos últimos dois anos (tenho 68) tenho tido crises muito agudas de dermatite seborreica, como posso tratar? O Dermatologista que consultei não me disse que fazer em caso agudo?
    Depende da intensidade e da localização da dermatite seborreica. Deverá perguntar de novo ao seu Dermatologista.

    A minha filha tem 23 anos e vive angustiada por ter manchas muito grandes na zona das ancas.
    Nalguns casos de vitiligo, com cremes ou fototerapia é possível obter uma repigmentação total ou parcial das lesões.
  • Outras Questões
    Já há algum tempo que me incomoda o que me parece ser um furúnculo na nádega. Este tão depressa enche como logo de seguida vaza ficando extremamente reduzido por bastante tempo. A minha questão é saber se poderei resolver e como este problema sem ser com incisão e onde poderei recorrer sem ser às urgências hospitalares, já que o meu centro de saúde não tem a especialidade de dermatologia.
    Se for um furúnculo o tratamento com desinfecção local e um antibiótico deveria resolver o seu problema. Se ele continua a aparecer sempre no mesmo local poderá não ser realmente um furúnculo e deveria ser observado em Consulta Externa de Dermatologia, nunca numa urgência pois o problema já se arrasta há algum tempo. O tempo de espera para consultas de Dermatologia tem vindo a ser reduzido na maioria dos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde, pelo que deve solicitar o pedido de Consulta ao seu Médico de Família.

    Gostaria de saber, se os derrames nas pernas são razão para alarme?
    A maioria das veias dilatadas superficiais na pele não têm problema, mas tudo depende da intensidade e da idade da pessoa e da sintomatologia. Deve falar com o seu Médico de Família.

    Em Novembro realizei uma intervenção cirúrgica, que me deixou uma cicatriz de 23cm. Apesar de hidratar bem continua muito vermelha. Que fazer?
    A cor vermelha de forma isolada, sem comichão e sem dureza na cicatriz, pode permanecer bastante tempo. Há produtos médicos que podem melhorar o aspecto estético de cicatrizes recentes, mas depende da sua localização e das características da cicatriz. Durante o Verão deve proteger do sol.

    Gostava de saber se um dermatologista pode me ajudar com este meu problema: transpiro demais das axilas?
    Pode usar cremes ou sprays anti-transpirantes à base de cloridrato de alumínio e em alguns casos, a injecção de Botox realizada por alguns Dermatologistas pode reduzir a transpiração durante meses.

    Como é que posso tratar dos derrames nas minhas pernas e o que tenho de fazer para os prevenir?
    Deve prevenir evitando situações de aumento da pressão nas pernas (muito tempo em pé ou sentada sem mexer as pernas, roupa apertada na região das virilhas ou obesidade. O tratamento depende da intensidade e tamanho dos derrames.

    Lesões na mucosa da boca são tratadas em dermatologia?
    Sim, as lesões da boca também são reconhecidas e tratadas por Dermatologistas.