BOLSA JUVENAL ESTEVES 2017

>> FORMULÁRIO DE CANDIDATURA





REGULAMENTO

A Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) com o patrocínio da Novartis, abre concurso para atribuição, no ano de 2017, da Bolsa de Investigação Juvenal Esteves destinada a suportar o desenvolvimento de um projecto de investigação subordinado ao tema “Psoríase”, no montante de 5000 euros (cinco mil euros).

1. A Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) abre concurso para atribuição, no ano de 2017, de Bolsa de Investigação Juvenal Esteves, destinada a financiar um projecto de investigação na área da Psoríase.

2. O trabalho de investigação a concurso poderá assumir vários formatos: epidemiológico, pré-clínico ou clínico.

3. Podem concorrer à Bolsa os membros da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia, isoladamente ou em grupo. Podem integrar o grupo indivíduos não membros da SPDV, mas o primeiro autor (líder do projecto) deve ser obrigatoriamente membro da SPDV. Os elementos do Júri não podem concorrer.

4. A Bolsa de Investigação Juvenal Esteves terá o montante de 5000 Euros, devendo ser atribuída a um projecto de investigação, de acordo com a avaliação realizada pelo júri, acerca do seu potencial interesse para a área em questão.

5. A candidatura a esta Bolsa estará aberta entre o dia 1 e 30 de Setembro de 2017.

6. Para concorrer, as candidaturas devem ser submetidas ao Secretário Geral da SPDV (secretariogeral@spdv.com.pt), acompanhadas de:

    a. Acordo do superior hierárquico do candidato no caso do mesmo ser interno de Dermatologia.

    b. Proposta de projecto de investigação: esta proposta deverá ser um resumo do projecto, com uma dimensão máxima de 2 páginas A4 preenchidas a font Arial 10, contendo:

        (i) introdução

        (ii) Justificação ou racional do projecto e objectivos do mesmo

        (iii) Descrição dos métodos de investigação

        (iv) Descrição dos meios necessários, apresentando, na medida do possível, o orçamento total do mesmo

        (v) Calendário de implementação do projecto, se aprovado

        (vi) Nome dos autores

7. O(s) bolseiro(s) compromete(m)-se a entregar ao júri um relatório anual sobre o andamento do trabalho de investigação e um relatório final sobre o mesmo.

8. O Júri é constituído pelos seguintes elementos:

  • Dois representantes da SPDV – nomeados pela Direção da SPDV, mas não seus membros.

  • Elemento de desempate: membro da direção da SPDV

9. A Bolsa será atribuída ao projecto seleccionado pelo Júri e desta decisão não haverá recurso. O Jurí, perante os projectos concorrentes, poderá não atribuir a Bolsa nesse ano. Neste caso, poderá ser aberto novo concurso no ano seguinte se a Direcção da SPDV assim o entender.

10. Cada candidato só poderá receber Bolsa de Investigação Juvenal Esteves num ano. Se um projecto reunir interesse suficiente, poderá ser apoiado ao longo de mais anos, em fases distintas do seu desenvolvimento. A atribuição da bolsa será anunciada durante o Congresso Nacional de Dermatologia e Venereologia e publicada nos sites electrónicos da SPDV e da Novartis.

11. A gestão da verba será de inteira responsabilidade do líder do projecto, sendo a sua atribuição dividida em duas fracções iguais. A atribuição do montante referente à 2ª fracção está dependente da apreciação, pelo jurí, de relatório do desenvolvimento do trabalho e obrigatoriedade de apresentação pública do mesmo. 

12. Os resultados dos projectos financiados através da Bolsa de Investigação Juvenal Esteves deverão ser apresentados na reunião da SPDV imediatamente a seguir à sua disponibilização, sob a forma de comunicação oral e a sua publicação deverá ser submetida à revista da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia.

Partilhar: